Movida com os olhos sem qualquer esforço. Assim é a cadeira de rodas criada pelo estudante de engenharia elétrica Maikon Del Ré Perin, de 25 anos, do Rio Grande do Sul.

A cadeira pode ser movida pelo movimento dos olhos.

Ela funciona em conjunto com uma máscara composta de eletrodos, que captam o sinal elétrico emitido pelos movimentos musculares do globo ocular.

Assim, o olhar para cima faz a cadeira se mover para frente e o olhar para baixo provoca sua parada.

Já o movimento para os lados gira a cadeira na direção correspondente.

A invenção é para seu trabalho de conclusão de curso (TCC), na Universidade de Caxias do Sul (UCS), na Serra Gaúcha.

Segundo informações do qsocial, a cadeira de rodas do “futuro” promete conferir autonomia, especialmente, às pessoas com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) – doença do sistema nervoso que enfraquece os músculos e compromete as funções físicas.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Ciência Sem Fronteiras

Batizada de eletro-oculografia, a tecnologia foi desenvolvida graças a experiência de Maikon no intercâmbio na Universidade de Nevada, em Reno (EUA), através do programa “Ciências Sem Fronteiras”, extinto recentemente – um absurdo!

Maikon se formará em breve e acredita que o conhecimento científico deve ser usado para melhorar a vida das pessoas.

A criação chama atenção das instituições de ensino internacionais.

A cadeira ainda vai te que sofrer ajustes para se adequar às normas internacionais de segurança e ser lançada no mercado.

Veja como funciona:

Com informações do RPA

Veja também

Olá, deixe seu comentário para Aluno cria cadeira de rodas movida com os olhos

Enviando Comentário Fechar :/